Vacinas

A nossa área de vacinas assenta num portfólio de dimensão incomparável, incluindo vacinas para todas as idades. Disponibilizamos, diariamente, mais de dois milhões de doses de vacinas a pessoas em mais de 160 países.

As vacinas do nosso portfólio ajudam a proteger contra doenças graves há mais de 100 anos: a nossa unidade de Marietta (EUA) dedica-se à produção da vacina da varíola desde 1882. Atualmente, as nossas vacinas continuam a proporcionar proteção contra algumas das doenças mais devastadoras do mundo, como a infeção pneumocócica, a meningite, a hepatite, o rotavírus, a tosse convulsa e a gripe. O nosso negócio de vacinas assenta num portfólio de 41 vacinas pediátricas, para adultos e, também, para quem viaja, proporcionando proteção contra 22 doenças diferentes. Temos em pipeline 14 vacinas, contra uma série de doenças, em fase inicial, intermédia e final de desenvolvimento. O nosso pipeline de potenciais novas vacinas abrange muitas das doenças que continuam a ter um impacto significativo em todo o mundo, como a malária, o VIH, a tuberculose e o Ébola.

O nosso mercado


A vacinação é reconhecida, em todo o mundo, como um dos melhores investimentos que qualquer administração pública ou organização de cuidados de saúde pode fazer. Em 2012, a Organização Mundial de Saúde e os seus 194 Estados-Membros publicaram um plano de ação de vacinação destinado a alargar o acesso à imunização a todo o mundo, além de promover a inovação no setor das vacinas e evitar milhões de mortes.

Este plano prevê o acesso mais equitativo às vacinas existentes, a introdução de novas e melhores vacinas e investigação e desenvolvimento acelerados para a próxima geração de vacinas e tecnologias. Em termos globais, isso deve traduzir-se numa procura mundial crescente por vacinas durante os próximos 10 a 15 anos.

Só na Índia, nascem diariamente mais de 25 milhões de crianças e, em 2020, estima-se que existam mais de mil milhões de pessoas no mundo com idade superior a 60 anos. Para satisfazer esta procura, é fundamental dispor de um negócio sustentável a longo prazo.

A nossa estratégia


A nossa estratégia é fazer chegar vacinas necessárias, diferenciadas e de elevada qualidade ao maior número de pessoas possível.

Para o fazer dedicamo-nos à criação de um pipeline robusto de produtos, tendo em consideração o doente e o pagador, mantendo valiosas parcerias com as estruturas locais dos países em que operamos e assegurando o acesso sustentável a estas terapêuticas.

Qualidade e produção


Em 2018, distribuímos mais de 770 milhões de doses de vacinas em todo o mundo, fabricadas numa das nossas 16 unidades de produção espalhadas pelo mundo. Para algumas das nossas vacinas, o processo de produção pode demorar até dois anos.

Em média, cada lote é sujeito a mais de 100 verificações de qualidade antes de ser expedido, para assegurar que cumpre os padrões internacionais. Cada uma das nossas vacinas é produzida com o mesmo nível de qualidade, independentemente da região que tiver como destino.

Investimos continuamente nas nossas unidades de produção, melhorando os processos e estabelecendo parcerias, para garantir que satisfazemos as crescentes necessidades mundiais de vacinas de alta qualidade.

Investigação e colaboração


A inovação está no centro da nossa atividade. Sem ela, não existiriam novas vacinas para as muitas doenças que continuam a ameaçar pessoas, famílias e comunidades em todo o mundo.

A nossa estrutura de I&D agrega competências em virologia, infeções bacterianas e diferentes plataformas de adjuvantes. Atualmente, dispomos de três centros globais de I&D: Rockville, nos EUA; Rixensart, na Bélgica; e Siena, em Itália, que apostam na descoberta e desenvolvimento de novas vacinas para uma série de ameaças prementes à saúde pública. Os nossos esforços concentram-se nas possíveis vacinas suscetíveis de proporcionar melhorias significativas face às opções existentes ou que combatam doenças para as quais ainda não exista vacinação.

A nossa abordagem consiste em tirar o máximo partido das nossas competências e experiência, formando, simultaneamente, parcerias e alianças complementares com outras entidades, que possam introduzir diferentes tipos de know-how. A nossa visão para o mundo, onde todos têm acesso às vacinas de que necessitam, depende de um fluxo estável de grandes ideias e de excelência científica. Temos muito para oferecer e, pela via da colaboração, podemos alcançar muito mais.

Por exemplo, mais de 90% das vacinas do nosso pipeline estão a ser desenvolvidas em parceria com outras entidades. Dispomos de um extenso currículo de colaboração com administrações públicas, prestadores de cuidados de saúde, entidades reguladoras, instituições académicas, organizações não governamentais, fabricantes de vacinas e outros parceiros-chave, com o objetivo de dar resposta aos desafios mundiais de saúde pública.