As nossas áreas de interesse

Fortalecer o nosso pipeline

Somos líderes na área Respiratória, VIH, Vacinas e Saúde Global, mas que desafios se seguem para sustentar o crescimento da GSK e de que forma está a evoluir? Estamos a transferir o nosso foco para a ciência relacionada com o sistema imunitário, genética humana e tecnologias avançadas. Isto vai ajudar-nos a dar maior atenção a medicamentos especializados em áreas como a Oncologia.

Impulsionados por uma profunda ambição de desenvolver medicamentos verdadeiramente transformadores, adquirimos recentemente a TESARO, uma companhia biofarmacêutica especializada em Oncologia, baseada em Boston. Isto veio fortalecer o nosso atual pipeline de oncologia e trazer novas capacidades científicas e expertise que potenciarão o ritmo e a escala com que podemos ajudar as pessoas que vivem com cancro.

Dar significado aos dados


A primeira sequenciação do genoma humano foi completada em 2003, após 13 anos de trabalho, com um custo de $3 mil milhões. Hoje, conhecemos 3,500 genes que estão por detrás de 5,000 doenças raras e mais de 35,000 loci genéticos que influenciam mais de 600 características.

Os medicamentos que intervêem em mecanismos de ação validados geneticamente têm o dobro da probabilidade de serem bem sucedidos1. O acesso a bases de dados que permitam avaliar o impacto das variações genéticas na doença humana abre portas a significativas oportunidades de melhorar o desenvolvimento de novos medicamentos.

23andMe


A GSK está a colaborar com a 23andMe, que dispõe de uma base de dados única e enorme envergadura analítica, com o objetivo de identificar genes e alvos relevantes de doenças. A 23andMe tem atualmente cinco milhões de clientes e continua a crescer, sendo atualmente a maior base de informação genética e fenotípica do mundo. A GSK vai também beneficiar da capacidade que a 23andMe tem de identificar doentes com variações específicas de genes em determinadas doenças, o que permitirá acelerar significativamente o recrutamento para novos ensaios clínicos.

Open Targets


Através da Open Targets, a GSK pode beneficiar de excelência de topo a nível mundial nas áreas de genética, genómica e bioinformática. Os cientistas da GSK usam dados integrados da plataforma Open Targets para identificar e dar prioridade a determinados agentes terapêuticos. A Open Targets tem contribuído significativamente para as nossas descobertas científicas e para vários processos de tomada de decisão, tendo também permitido alcançar uma melhor perceção sobre como transformar a biologia na descoberta de novos medicamentos.

Altius


O Altius Institute é uma organização de investigação sem fins lucrativos que combina genética funcional automatizada, engenharia genética (com recurso a TALENS – nucleases programadas, ou “tesouras moleculares”), imagiologia avançada e computação integrativa. Esta combinação ajuda a definir mecanismos fundamentais de regulação génica e celular e, por sua vez, a correlacionar este conhecimento com as áreas de fisiologia, patologia e terapia humana.

UK Biobank


Esta enorme plataforma de saúde do Reino Unido tem como objetivo melhorar a prevenção, diagnóstico e tratamento de doenças graves e que representem risco de vida, recolhendo informação que permita perceber porque é que algumas pessoas contraem determinadas doenças e outras não. Meio milhão de participantes no Reino Unido (com idades entre os 40 e os 69 anos) consentiram em partilhar a sua informação pessoal e ter o seu estado de saúde monitorizado.

Saúde Global


Estamos focados em doenças que afetam os países em desenvolvimento, tais como a malária, tuberculose e infeções entéricas e parasíticas.

Tres Cantos


O nosso centro especializado de investigação em Tres Cantos, em Madrid, Espanha, está concentrado nas prioridades globais em saúde, como a malária e a tuberculose. Temos uma abordagem aberta à investigação e trabalhamos de perto através de parcerias público-privadas, em grupos que incluem a Medicines for Malaria Venture (MMV) e a Global Alliance for TB Drug Development (TB Alliance). As nossas descobertas são disponibilizadas publicamente para encorajar posteriores projetos de colaboração por parte da comunidade científica.

Investigação em Tuberculose


Da mesma forma que disponibilizamos publicamente a nossa investigação sobre a malária, estamos também a tornar os dados relacionados com a tuberculose disponíveis online, para fomentar uma abordagem de largo espetro à investigação em torno desta doença, acreditando que este aspeto é crítico para acelerar o desenvolvimento de novos medicamentos.

Open Lab para Doenças Não Comunicáveis (NCD) em África


Criámos o primeiro R&D Open Lab para NCD do mundo através do qual, a partir de um hub nas nossas instalações de I&D em Stevenage, no Reino Unido, os cientistas da GSK colaboram com centros científicos e de investigação situados em África. Estes centros desenvolvem investigação que fortalece a compreensão de NCD em África, servindo de suporte à conceção de estratégias de prevenção e tratamento.

WIPO Re:Search


A WIPO Re:Search é uma plataforma colaborativa de organizações do setor público e privado, patrocinadas pela Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI), em colaboração com a Bio Ventures for Global Health (BVGH). Esta colaboração vem complementar a Pool for Open Innovation contra as Doenças Tropicais Negligenciadas e constitui o primeiro esforço levado a cabo para garantir que a propriedade intelectual (IP) não se afigura como uma barreira à investigação em torno das doenças tropicais negligenciadas.