Skip to Content Skip to Search

A nossa abordagem à I&D

Aproveitar o efeito multiplicador da fórmula Ciência x Tecnologia x Cultura

Para fortalecer o nosso pipeline e desenvolver a próxima geração de medicamentos que vai representar um enorme valor acrescentado para os doentes, adotámos uma nova abordagem à Investigação e Desenvolvimento (I&D).

Introduzida pelo Dr. Hal Barron (Chief Scientific Officer e R&D President) em Julho de 2018, a nossa abordagem na Área Farmacêutica foca-se na ciência relacionada com o sistema imunitário, no recurso à genética humana e a tecnologias avançadas, sendo potenciada pelo efeito multiplicador da nossa fórmula Ciência x Tecnologia x Cultura.

A nossa abordagem de I&D reside no efeito Ciência x Tecnologia x Cultura. Acreditamos firmemente que, com a correta aplicação destes três pontos, seremos capazes de entregar melhores medicamentos a mais doentes, mais rápido do que fazemos atualmente.

Ciência

A investigação e desenvolvimento é um processo arriscado, com menos de 10% dos fármacos submetidos a validação clínica a serem efetivamente convertidos em medicamentos.

Sabemos que os medicamentos com validação genética têm quase o dobro da probabilidade de sucesso. A nossa abordagem baseia-se na ciência relacionada com o sistema imunitário e no recurso à genética humana para nos ajudar a acelerar o ritmo a que desenvolvemos medicamentos transformadores, dando prioridade às moléculas que apresentam maior probabilidade de sucesso e suspendendo programas de desenvolvimento menos promissores.

Tecnologia

O investimento significativo numa ampla gama de tecnologias avançadas é fundamental para a nossa nova abordagem à Investigação & Desenvolvimento.

Estamos a desenvolver capacidades estruturais nas áreas de inteligência artificial (AI) e machine learning, para potenciar a nossa competência, aptidão e capacidade de interpretar e compreender dados genéticos e genómicos. Estamos também a investir na área de genómica funcional, recorrendo a técnicas de modificação de genes tais como a tecnologia CRISPR, que ajudem a descobrir e validar potenciais tratamentos. Estes investimentos complementam a nossa atual capacidade ao nível de outras tecnologias avançadas como por exemplo, a nossa posição de liderança em terapia génica e celular, que continuamos a desenvolver.

Cultura

A cultura GSK é composta por um conjunto bem definido de valores e expectativas.

Para transpôr os nossos valores e expectativas para a área de Investigação & Desenvolvimento, estamos focados em cinco principais pilares culturais: Acompanhar a ciência, Tomada de Risco inteligente, Tomada de Decisão com base num ponto único de responsabilidade, Foco e Pessoas Excecionais. Incorporar com sucesso estes cinco pilares ajudar-nos-á a desenvolver a próxima geração de medicamentos transformadores para os doentes.